Curioso que prestes a se tornar a maior do mundo na época, Julia Roberts tenha com tanta proximidade estrelado um suspense assim e uma comédia romântica. Dois gêneros que solidificaram a Hollywood dos 1990. Mas enquanto o romance deve ser um dos maiores filmes da época (Uma Linda Mulher), o suspense é esse aqui infelizmente. (ou felizmente porque já pensou se a atriz se jogasse no suspense erótico?)

Tem seus momentos, claro. Joseph Ruben brinca bem com algumas situações. Se apoia com força no desenrolar do enredo e numa concepção que contrapõe a vida rica e triste e a vida pobre e feliz da personagem. Mas o filme sofre demais com um elenco que infelizmente tem gente além de Julia. O professor banana da faculdade, o marido interpretado por Patrick Bergin que é simplesmente o “homem mau”.  

Fora certas coisas que, sei lá… por quê? (tipo ela vestida de homem)

É um filme tosco no significado mais puro da palavra. Rudimentar mesmo. Personagens rasos, situações artificiais, dramaturgia limitada, elenco fraco. Tudo parece ser mantido colado pelo magnetismo da protagonista. 

A trama parece ter muito potencial. Como muita coisa do gênero, eu sempre fico pensando. E se tivesse alguém com mais talento dirigindo isso? E se fosse o Fincher, a Bigelow, o Verhoeven, o Schrader? E se?

sleeping with the enemy, eua, 1991
direção: joseph ruben
roteiro: ronald bass nancy price
fotografia: john lindley
montagem: george bowers
elenco: julia roberts patrick bergin kevin anderson kyle secor tony abatemarco claudette nevins marita geraghty nancy fish elizabeth lawrence harley venton sandi shackelford bonnie johnson graham harrington john ward sharon j. robinson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s