Parece que é um filme que existe para uma cena. Aquela, da rua, das pessoas ao redor de Denzel. Ao menos parece que esse é o grande ápice do cinema de Gregory Hoblit. Isso e a devida atenção que ele dá a o ator, um astro sem tamanho. Fora algumas imagens bonitas que tem uma carguinha de neo noir do detetive atormentado pelo demônio da cidade noturna. 

O apuro visual carrega tudo e é isso que importa. Por mais insuportavelmente banal que seja a forma com a qual Possuídos se desdobra com essa trama de livro de aeroporto (se for mesmo, deve ser um livro divertido), são esses momentos e a captura do protagonista irresistível que nos fazem seguir. Washington tem aquele magnetismo de muito poucos. Coisa de Boggart, de Stewart, de Pitt. 

É como se fosse inescapável para ele esse caráter de astro, como se ele fosse um desses escolhidos para carregar o starsystem. Mesmo em meio a outros grandes como John Goodman, Gandolfini e Donald Sutherland. 

Curioso que, por mais que a cena citada – a de quando o detetive Hobbes é atormentado pelo diabo que pula de corpo em corpo no meio da rua com um simples toque – a cena de alívio de um meio sorriso irônico que se tornou gif tenha virado uma das imagens mais perenes da internet. Ninguém envolvido deve ter sequer imaginado isso. 

Essa coisa de tergiversar, falar do meme, de cenas específicas, do carisma de ator, é uma fuga mesmo. Porque o resto é muito tosco. É engraçado como coisinhas assim marcam para sempre filmes que poderiam ter se tornado completamente esquecidos não fosse esse puro acaso. 

Dito isso, não dá pra não citar duas coisas: uma é a escolha óbvia da música (Stones? Diabo? É claro); mas outra é a sensibilidade do papel de Reno Wilson como irmão do protagonista. Não é sempre que se vê um papel masculino nessa situação num filme que se propõe um suspense popular. E, por mais que sirva só de escada para o principal, no fim das contas, é uma construção anormalmente digna do que seria um homem fraco.

fallen, EUA, 1998
direção: Gregory Hoblit
roteiro: Nicholas Kazan
fotografia: Newton Thomas Sigel
montagem: Lawrence Jordan
elenco: Denzel Washington John Goodman Donald Sutherland Embeth Davidtz James Gandolfini Elias Koteas Gabriel Casseus Michael J. Pagan Robert Joy Frank Medrano Cynthia Hayden Aida Turturro Wendy Cutler Heather Capuano Chuck Jeffreys Cress Williams Jerry Walsh Barry Shabaka Henley Michael Shamus Wiles

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s